Como funcionam os implantes dentários

January 17, 2020

Implantes dentários nada mais são do que estruturas metálicas (normalmente titânicas) posicionadas no osso maxilar logo abaixo da gengiva com o objetivo de substituir as raízes dentárias. Eles permitem que se monte dentes substitutos sobre eles. Inicialmente, qualquer um em idade adulta pode fazer o implante dentário, mas deve-se prestar atenção ao estado e situação em que esta se encontra no momento.

 

Talvez não seja possível em um determinado momento, mas nada impede que se faça posteriormente. É preciso avaliar o estado geral da saúde da paciente. Em crianças, no entanto, o implante não é recomendado. Deve-se esperar o total desenvolvimento destas para que se faça o procedimento com segurança. Especial atenção também deve ser dada à expectativa estética da paciente, uma vez que não se trata de uma transformação total (cuidado com o que idealiza).

 

A última exceção são os pacientes cardíacos de alto risco (como portadores de próteses valvulares aórticas ou mitrais, cardiopatias congênitas ou com antecedentes de endocardite infecciosa.

 

Uma ótima notícia é que os implantes não são rejeitados pelo organismo. Por serem feitos de titânio, passa desapercebido pelo organismo, que fecha o furo feito pela broca, travando o implante, num processo chamado osseointegração. Sendo assim, apesar de possíveis problemas no pós-operatório, a rejeição natural a implantes de titânio é zero.

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Próteses Dentárias

October 11, 2018

1/7
Please reload

Posts Recentes

October 11, 2018

September 25, 2018

August 22, 2018

Please reload

Arquivo