Próteses Dentárias

As próteses dentárias ainda despertam muitas dúvidas na população. Como as perdas dentárias são tratadas atualmente? Quais as alternativas disponíveis? Quais as próteses mais indicadas para cada caso? A consulta com o cirurgião-dentista é essencial, pois responderá esses e outros questionamentos individualmente. No entanto, vamos apresentar alguns dos principais aspectos sobre o uso das próteses:

Esta é a área da odontologia destinada à reconstrução e reposição de elementos dentários danificados ou perdidos, possibilita novamente ao paciente as características e funções mastigatórias, estéticas e fonéticas, além de recompor e proteger funções articulares.

As próteses dentárias podem devolver ao rosto um sorriso harmônico e seguro além de influenciar em importantes fatores, por exemplo:

Mastigação: a mastigação correta dos alimentos é fundamental para qualquer indivíduo. A correção dentária irá prevenir ou até eliminar problemas de digestão que surgem com o fato dos alimentos serem mastigados de forma deficiente.

Estética: é inegável que um sorriso com a dentição completa tem benefícios claros: aumento da auto-estima, autoconfiança do paciente no trabalho e nas relações pessoais.

Dicção: a fala se tornará mais clara e perceptível, beneficiando a fonética do paciente.

Existem alguns tipos de próteses, que podem ser indicados para perdas parcial ou total dos dentes: [if !supportLineBreakNewLine] [endif]

Prótese Parcial Fixa: é indicada normalmente para pessoas que perderam um número pequeno de dentes naturais e que apresentam pelo menos dois elementos dentários que possam ser utilizados como suporte (um posterior e um anterior) ao local em que a prótese será instalada. Nesse caso, os dentes naturais precisam ser desgastados, processo que pode comprometer sua estrutura. Com a grande evolução tecnológica e a descoberta de novos materiais estéticos, em alguns casos, é possível confeccioná-las com estruturas não metálicas.

Prótese sobre Implante: Instalados diretamente sobre osso, os implantes osseointegrados funcionam como substitutos das raízes naturais dos dentes e servem como suporte para a prótese, que pode ser parafusada ou encaixada em cima deles. A colocação é feita em duas fases. A primeira é cirúrgica, e a segunda etapa, chamada de protética, onde será instalada uma prótese fixa sobre os implantes.

Prótese Protocolo: Totalmente fixa e altamente estética, pode ser retirada apenas pelo seu dentista. Fixada sobre 4 a 8 implantes em média.

É hoje, com certeza, a melhor opção para quem sonha em se livrar de vez da incômoda dentadura. A prótese pode ser confeccionada em resina ou porcelana.

A durabilidade das próteses está ligada diretamente à técnica correta de confecção, mas depende de maneira significativa dos hábitos de higiene do paciente.

Lembre-se: qualquer tipo de tratamento para a colocação de uma prótese dentária deve ser feito sob orientação de um cirurgião-dentista. A avaliação do profissional conseguirá definir qual prótese deverá ser adotada, para que tanto os resultados estéticos quanto os ganhos na saúde bucal sejam efetivos.

Agende sua avaliação e tire suas dúvidas.

Prótese Dentária

#PrótesesDentárias

Posts Em Destaque
Posts Recentes